quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Mais uma GCM com Poder de Policia no Brasil


Poder de polícia para a Gama é aprovado pela Câmara




Câmara de Americana aprovou projeto de emenda à LOM que garante o poder de polícia à Gama.

A exemplo de vários outros municípios do Estado de São Paulo a Câmara de Americana aprovou ontem, em primeira discussão, uma emenda à Lei Orgânica que prevê respaldo legal a atividades que a autarquia já realizava regularmente. 

A emenda altera o artigo 214 da legislação municipal, que dispõe sobre as funções da Gama. Hoje, os encargos da autarquia são a “preservação e proteção de seus bens, serviços, instalações e a incolumidade pública”. Com a mudança, além das antigas atribuições, passa também a ficar a cargo da Guarda a preservação e proteção da “integridade física e da ordem pública”.

O diretor da Gama, Téo Feola, afirmou que antes a Guarda tinha que realizar algumas ações, como combate ao tráfico e flagrantes, de forma não regulamentada e, com a nova legislação, terá respaldo da lei. “Isso é de extrema importância para a autarquia”, apontou.

Para o Patrulheiros da Guarda Municipal de Americana a alteração da Lei trouxe muita satisfação, é mais uma ferramenta para facilitar o trabalho de uma instituição que só vem crescendo com belos trabalhos.

Parabéns aos vereadores envolvidos nesse avanço que a população vai sentir com menos atos criminosos no município.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Bandidos fazem refém por 5h em empresa de transporte de valores

 Artefatos apreendidos pela Polícia. (Foto:Anderson Gallo/Diário Online)

Bandidos que invadiram a empresa de transporte de valores Brinks, em Corumbá, durante a noite ontem (14) em Corumbá, se entregaram a Polícia após cinco horas de negociação. Eles chegaram a fazer um funcionário de refém.

De acordo com o site Diário Online, os assaltantes chegaram à empresa por volta das 21h30 e entraram no local pelo telhado utilizando cordas. Antes que conseguissem sair do prédio, a Polícia cercou todo a área.
Todo o quarteirão foi isolado e além da PM, agentes da Polícia Federal, Polícia Civil, Força Nacional de Segurança, DOF e da Guarda Municipal atenderam a ocorrência.

Ocorrência mobilizou todas as forças policiais de Corumbá. (Foto: Anderson Gallo/Diário Online)

Após se entregarem, por volta das 2h30 desta quinta-feira, os dois assaltantes foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.
Enquanto a Polícia Militar e a Defensoria Pública negociavam a rendição dos dois homens que seriam dos estados de São Paulo e Minas Gerais, policiais apreenderam quatro veículos durante buscas pelas proximidades a empresa. Entre eles, uma caminhonete, com placas da Bolívia.
 

No veículo foram encontradas cinco pistolas 9 milímetros, um revólver 357, um fuzil 762 e em torno de 1,5 mil munições de vários calibres apreendidos.
Os policiais ainda encontraram material para curativos e rolos de silver tape, usado para amordaçar e imobilizar vítimas, além de documentos.

A Polícia ainda não confirmou a identidade dos bandidos presos e investiga o envolvimento de outras pessoas no crime, devido ao armamento e veículos apreendidos.


Fonte: CAMPOGRANDENEWS

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

FLAGRANTE DE OCORRÊNCIA EM DOURADOS MS

video


Fonte : G1. COM AFILIADA TV MORENA

INFORME DO Presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais - 22º Congresso Nacional das Guardas Municipais:Está confirmado





Srs.,

            Nos dias 17 a 19 de outubro  de 2012 estarei em Brasília, ocasião em que participarei das reuniões do Conselho Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça.

            Conseguimos incluir na Pauta das reuniões o tema Aposentadoria Especial para os Profissionais da Segurança Pública que Exercem Atividades de Risco,  estando as Guardas Municipais contempladas nos Projetos de Lei em andamento no Ministério da Justiça.

            Estarei ainda discutindo com a Secretária Nacional de Segurança Pública – Regina Miki os seguintes assuntos:

  1. Porte de Arma de Fogo para todas  as Guardas Municipais do Brasil independente do número de habitantes nos municípios:  Como já dito anteriormente, não é o número de habitantes que, hoje no Brasil, tem definido qual município é ou não violento, os criminosos estão em todo o país, em todos os municípios, independente do número de habitantes, não podemos deixar os bandidos armados e os nossos Guardas Municipais desarmados e com suas preciosas vidas em risco.

  1. Inclusão das Guardas Municipais na Força Nacional de Segurança Pública: Alteração do Decreto Federal nº 5289, de 29 de novembro de 2004, incluindo as Guardas Municipais na Força Nacional de Segurança Pública, pois, algumas das atribuições definidas no referido Decreto podem ser exercidas pelas Guardas Municipais, respeitando a competência legal de cada Órgão de Segurança.

  1. Isenção do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para compra de Veículos e equipamentos para as Guardas Municipais: Não há razão para que os municípios não tenham isenção de imposto para a compra de veículos e equipamentos para uso das Guardas Municipais, pois, estas atuam na Segurança Pública dos municípios, estão inseridas no Sistema  de Segurança Pública e merecem o mesmo tratamento que os demais Órgãos que fazem parte do mesmo Sistema.

  1. Marco Regulatório das Guardas Municipais: Precisamos saber o andamento, os trabalhos foram encerrados e a proposta, até então, se encontra com o    Excelentíssimo Sr. Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.

  1. 22º Congresso Nacional das Guardas Municipais:Está confirmado, o Congresso será realizado em São Paulo, no Auditório Elis Regina da São Paulo Turismo – Anhembi, nos dias 12, 13 e 14 de dezembro de 2012.  A Abertura será no dia 12 às 10h00.  Conversei pessoalmente com a Secretária Nacional de Segurança Pública Regina Miki sobre o Congresso,  convidaremos, além do Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, a Presidenta da República Dilma Rousseff para a abertura do Evento. Estamos fechando a relação dos hotéis para encaminhamento a todos.

Um grande  abraço a todos.


JOEL MALTA DE SÁ
R.F. 575.158.6.01
Comandante Geral da Guarda Civil Metropolitana
Presidente do Conselho Nacional das Guardas Municipais

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Detentos do Presídio Federal tinham plano para matar deputado federal


O setor de inteligência do Presídio Federal de Segurança Máxima em Campo Grande, por meio de escutas ambientais feitas no pátio de convivências, descobriu um plano de criminosos cariocas para matar o deputado federal Fernando Francischini (PEN-PR), que é delegado da Polícia Federal.
Ele é o autor de um projeto de lei que aumenta o rigor para os presos ligados a facções criminosas. O plano de execução do parlamentar foi descoberto pela Polícia Federal, em julho deste ano.
Segundo as investigações, traficantes cariocas estavam por trás das ameaças, que preveem ainda uma onda de ataques no Rio de Janeiro.
Conforme o documento, o plano era discutido por 17 presos, entre eles Elias Pereira da Silva, conhecido por Elias maluco, condenado pelo assassinato do jornalista Tim Lopes, Marcelo Soares de Medeiros, conhecido por paraquedista do tráfico, e o ex-policial Alexandre de Jesus Carlos.
Depois de ter acesso a esse documento, o deputado pediu segurança ao Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo e retirou sua família do Paraná.
Em entrevista por telefone ao Campo Grande News, o deputado disse que o projeto visa acabar com algumas regalias que os presos de facções criminosas têm. “Meu projeto enlouqueceu os integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital)”, destaca.
O deputado apresentou o projeto que obriga participantes de organizações criminosas a cumprir pena em cela individual, sem visita íntima, sem privacidade em contatos com familiares, advogados e banho de sol isolado. “Eu tenho certeza que a sociedade aprova”, afirma.
O projeto, que altera a lei nº 7.210 (Lei de Execução Penal), de 11 de junho de 1984, seguirá para sanção da presidente Dilma Rousseff.
O diretor do Presídio de Segurança Máxima, Ricardo Marques Sarto e a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça não quiseram comentar o caso.

VOCÊ SABE O QUE É SER GUARDA MUNICIPAL?


E SUA FAMÍLIA, SABE QUEM É VOCÊ GUARDA?
INTERESSANTE OBSERVAR QUE MUITOS GUARDAS MUNICIPAIS RECLAMAM SOBRE A FALTA DE RECONHECIMENTO E VALORIZAÇÃO DE SUAS ATIVIDADES POR PARTE DAS AUTORIDADES CONSTITUÍDAS E PARTE DOS MUNÍCIPES.
RARO SÃO OS GUARDAS QUE SABEM DEFINIR QUEM SÃO ELES ANTE A CONSTITUIÇÃO FEDERAL.
ORA, SE OS PRÓPRIOS GUARDAS NÃO SABEM QUEM SÃO ELES, PORQUE OS DEMAIS DEVERIAM SABER?
SÃO OS GUARDAS QUE DEVEM PROCLAMAR PARA A SOCIEDADE QUAL É A SUA MISSÃO, A SUA FUNÇÃO E O MOTIVO DE TER A FORMA QUE TEM E O MODO OPERACIONAL QUE ATUAM.
È O GUARDA O PROFISSIONAL DA SEGURANÇA PÚBLICA MUNICIPAL - POLÍCIA MUNICIPAL - QUE DEVE EDUCAR, MUDAR CULTURA, SE RESPEITAR ENQUANTO SER HUMANO E PROFISSIONAL PARA QUE GANHE RESPEITO E SEJA DEVIDAMENTE VALORIZADO PELA SOCIEDADE.


SE O GUARDA NÃO SABE EXATAMENTE QUEM É ELE, TAMBÉM SUA FAMÍLIA NÃO SABE QUEM É O GUARDA MUNICIPAL. SUA FAMÍLIA NÃO SABENDO, DEIXA DE SER UM AGENTE MULTIPLICADOR QUE VENHA DIVULGAR O QUE SEJA UM GUARDA MUNICIPAL E SUA IMPORTÂNCIA PARA A SOCIEDADE E PARA O ESTADO;
UM FILHO QUANDO SABE O QUE É SER GUARDA MUNICIPAL, FALA PARA SEUS COLEGAS, A ESPOSA COMENTA COM SUAS AMIGAS NO SALÃO DE BELEZA. E ASSIM, VAI SE DIFUNDINDO ENTRE SEU CÍRCULO E SOCIEDADE, O QUE VENHA SER UM GUARDA MUNICIPAL.
POR OUTRO LADO, QUANDO O GUARDA SABE FALAR DE SUA PROFISSÃO COM FUNDAMENTO JURÍDICO, SABE SE IMPOR PERANTE POLÍTICOS, JUÍZES, PROMOTORES, DELEGADOS, ADVOGADOS, ENFIM, DIANTE DA SOCIEDADE.
GUARDA BEM INFORMADO SABE REIVINDICAR, POIS SABE FUNDAMENTAR.
SABENDO FUNDAMENTAR, SABERÁ SE VALORIZAR.
A MAIORIA DOS GUARDAS SABE APENAS TRABALHAR, OU SEJA: CUMPRIR ORDENS!

''hoje se discute ferrenhamente qual é o papel destes homens aqui presentes na segurança pública. É só olhar no olho de cada um e poderá ver a garra e vontade em fazer o melhor, independentemente do que for. Eles já sentiram na pele desde que estão nas ruas o que é cuidar de uma praça, visitar uma escola, prender um traficante, tirar de circulação uma arma, atender um acidente de trânsito, ser psicólogo em brigas de família, passar frio, calor, existem ocorrências que podem durar minutos, até horas, e eles estão lá, firmes. Então, hoje o papel da Guarda Municipal representada por estes homens e mulheres é extremamente diverso e exige uma capacidade e vontade acima do normal''

Publicada a emenda na Lei Organica do Municipio de Campo Grande, onde agora a Guarda Municipal passa a Proteger a população campo-grandense.

Emenda à Lei Orgânica
A emenda à Lei Orgânica pode ser proposta pelo Poder Executivo ou pelos
Vereadores, mas não está sujeita à sanção do Prefeito. É votada em dois turnos e
aprovada por dois terços dos Vereadores. Entra em vigor após aprovação e
promulgação pela Mesa Diretora da Câmara Municipal e publicação.


Com isso a Guarda Municipal de Campo Grande MS, em suas atribuições recebeu uma emenda publicada no Diário Oficial do Município, no dia 12/11/2012 em sua pagina 16, com a seguinte Redação:


ATOS LEGISLATIVOS

EMENDA À LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO n. 30/12.
MODIFICA O ART. 81 DA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE-MS.
A MESA DA CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE, Estado de Mato Grosso
do Sul, usando das atribuições que lhe são conferidas, nos termos do § 3º, do
Art. 35, da Lei Orgânica do Município de Campo Grande, promulga a seguinte
Emenda:
Art. 1º Modifica o Art. 81 da LOM, com a seguinte redação:

“Art. 81. A Guarda Municipal de Campo Grande será mantida e destinada a auxiliar
na manutenção da ordem pública, bem como cuidar de bens, serviços, instalações e
da integridade física dos cidadãos. (NR)”
Art. 2º Esta Emenda à Lei Orgânica do Município de Campo Grande entra em vigor na
data da sua publicação.
CAMPO GRANDE-MS, 06 DE NOVEMBRO DE 2012.
PAULO SIUFI NETO
Presidente
PROF. JOÃO ROCHA
1º Secretário




Projeto de lei prevê poder de polícia a GCMs, mais um município preocupado com o cidadão.


Tramita no Legislativo de Santo André proposta parlamentar que atribui poder de polícia à GCM (Guarda Civil Municipal). Incitando a alteração da Lei Orgânica do Município, o projeto prevê, a partir da aprovação, coibir os índices de violência na cidade, acrescentando a atribuição de manter a ordem pública e proteger a integridade física dos cidadãos.
Atualmente, a função da classe, sob as diretrizes da Prefeitura local, baseia-se em resguardar o patrimônio, bens e instalações públicas, além de prestar atividade comunitária de segurança urbana, apoiando os demais órgãos policiais.
O texto, de autoria do vereador Paulinho Serra (PSDB), visa a valorização da corporação, repetindo exemplos de sucesso utilizados em outras cidades do Estado de São Paulo, como Sorocaba e Santa Bárbara D'Oeste. Segundo o tucano, o principal foco passa por ampliar o leque de atribuições dos guardas. "Ideia é não deixar o profissional desamparado, abrindo o universo de atuação. Hoje, se fizer prisão, por exemplo, pode ser anulada por ter excedido a sua competência."
Abordagens, policiamento ostensivo e apreensão de drogas são algumas das atribuições de alçada da Polícia Militar. Paulinho considera que, hoje, o poder da GCM fica extremamente limitado. "Atualmente, se alguém está sendo incomodado por uma briga numa rua qualquer, o guarda não pode fazer nada. Se não for em flagrante, ele não possui autoridade para fazer o atendimento." Para o parlamentar, o projeto dá respaldo à antiga luta da categoria.
As pesquisas de qualidade dos serviços prestados, de acordo com o tucano, mostram que Segurança e Saúde encabeçam a lista de reclamações em Santo André. "São as áreas que aparecem no topo das reivindicações. Por isso tem de ser prioridade esse tema. Uma atitude se faz necessária nesse sentido, propondo melhorias para uma instituição que tem credibilidade."
A proposta usa como base os artigos 144 e 147 da Constituição Federal, que determinam que a Segurança Pública é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos e que os municípios podem constituir guardas municipais destinadas à proteção de seus bens e serviços, obedecidos os preceitos da lei federal.
Com a mudança na legislação orgânica, segundo o texto, o projeto fornece amparo legal às ações realizadas pela corporação com o objetivo do interesse público e o bem-estar social, estimando a importância dos serviços prestados pela categoria. O projeto mantém a fiscalização e controle de um conselho, cuja composição e funcionamento estão estabelecidos por lei, da qual tem de encaminhar atas de reuniões ordinária e extraordinária regularmente.
Fica garantida, com a fiscalização do conselho, a formação permanente de integrantes da guarda municipal, assegurando o aperfeiçoamento da categoria com conhecimentos gerais dos direitos humanos e jurídicos.



quinta-feira, 8 de novembro de 2012

GUARDA CIVIL DE COTIA SOFRE ATAQUE E MATA DOIS MARGINAIS EM CONFRONTO

Tiros. Medo. Pânico. Feridos. Mortos. O clima era de guerra na região do Morro do Macaco na noite desta quarta-feira (7).

                                                  viatura alvejada pelos criminosos


Quase que simultaneamente duas trocas de tiros entre bandidos, supostamente da facção criminosa Primeiro Comando da Capital – PCC provocaram grande terror e tumulto.

Uma viatura da Guarda Civil de Cotia, com dois agentes, foi abordada por dois homens em um automóvel Vectra preto em frente ao hipermercado Extra por volta das 21 horas. Houve troca de tiros.
Segundo informações, um deles teria colocado uma metralhadora para fora do veículo e disparado contra a viatura. Os guardas, mesmo baleados, revidaram pelo parabrisa e conseguiram alvejar o indivíduo que estava no banco traseiro.
Praticamente todas as viaturas da Guarda de Caucaia, Cotia e Granja Viana foram dar apoio aos colegas e iniciaram a perseguição ao veículo.

Ao entrar na Rua Pelicano, os bandidos abandonaram o veículo e entraram na favela. Os guardas seguiram as manchas de sangue e foram até um barraco onde os três estavam trocando de roupa. Ao dar voz de prisão, um deles se rendeu. Os outros dois iniciaram novo tiroteio e na troca de tiros os dois foram alvejados. Eles foram socorridos ao Hospital de Cotia, onde já chegaram mortos. Outros dois foram presos.


Com eles foram apreendidos dois revólveres calibre 38 e uma metralhadora Uzzi. Os dois Guardas Civis foram socorridos ao Hospital de Cotia. Um dos tiros pegou nas costas do colete do motorista da viatura e o outro na axila do outro guarda. Dois bandidos ainda não identificados, atingidos na troca de tiros foram socorridos no Hospital de Cotia mas não resistiram aos ferimentos e morreram. Os guardas civis que não tiveram os nomes revelados também foram socorridos e não correm risco de morte.
























Vídeo: Matéria gcm no final do vídeo!!!

MAIS UMA NOVA GUARDA MUNICIPAL SERÁ CRIADA EM 2013 NO MS!


Prefeito quando quer fazer faz!

Em 2013 promete para Ponta Porã com os serviços da Guarda Municipal, esta será criada pela nova administração e já de maneira correta com sua Secretaria de Segurança Pública. Pois assim terá  seus recursos próprios e com pessoas com especialização em segurança, sem isso o funcionamento será precário  Em entrevista ao jornal Midiamax News o prefeito eleito Ludimar Novais do PPS, adiantou esta meta para 2013. 

Parabéns Prefeito pelo modelo de gestão que se propôs a ser implantado na cidade de Ponta Porã!

Entenda:
Texto: Lidiane Kober 
Ludimar se comprometeu a rever piso salarial dos servidores

Em passagem por Campo Grande, o prefeito eleito de Ponta Porã, Ludimar Novais (PPS), informou anunciar na sexta-feira (9) sua equipe de transição e adiantou criar três novas secretarias e extinguir outras para manter o atual quadro de 14 pastas.

Sobre os componentes de sua equipe, Novais só deu pistas e prometeu anunciar os nomes na sexta-feira. Segundo ele, três técnicos comandarão a transição e provavelmente seguirão na administração como secretários. Os três, segundo o prefeito eleito, têm conhecimento jurídico e contábil.
Atendendo promessa de campanha, Novais disse criar as secretarias de Segurança Pública, de Agricultura e da Juventude. Também reforçou instituir o serviço de guarda municipal para desafogar o trabalho das Polícias Civil e Militar, garantindo mais atuação no combate à violência.

O prefeito eleito também reafirmou promover um “choque de gestão na saúde” para resolver a falta de médicos e se comprometeu a realizar uma reestruturação salarial. “Vamos fazer um estudo nas finanças da prefeitura para adequar o piso salarial”, prometeu.

Sobre a relação com a Câmara Municipal, Novais espera uma oposição “construtiva e não ferrenha”. Dos 15 vereadores, sua coligação elegeu apenas três. 



quarta-feira, 7 de novembro de 2012

OLHA O QUE OS VEREADORES FALAM DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL E DAS NOSSAS FRONTEIRAS SECA!

Desarmar a Guarda Civil Municipal é brincadeira, afirma Telhada

O "UOL Eleições" reuniu três policiais militares aposentados que se elegeram vereadores em São Paulo. O grupo foi apelidado de "bancada da bala". São eles: Conte Lopes (PTB), Paulo Telhada (PSDB) e Álvaro Camilo (PSD). Eles falam sobre a carreira na PM e sobre propostas para a segurança pública na cidade. 





Caro leitor repare em um certo momento um dos vereadores falando das nossas fronteiras. 

Temos que avançar o debate de Segurança Pública de todos e para todos em Campo Grande MS.

Atitudes como esta da bancada de São Paulo, a AGMCG-MS, presidida pelo GM Bonfim, está tentando despertar a sociedade que com capacitação continuada, logística e Guardas Municipais com vontade de colaborar com a problemática de segurança.

União, Estado e o Município, podem sim diminuir os indicies de violência no nosso País. 

Se você apoia esta ideia Compartilhe e junte se a nós!

GUARDA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE, AGORA PASSARÁ A CUIDAR E PROTEGER TAMBÉM A INTEGRIDADE FÍSICA DA POPULAÇÃO CAMPO-GRANDENSE COM RESPALDO LEGAL.

                                                                           ANIMAÇÃO: BLOG DO GM MONTANHA

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram em Plenário na sessão ordinária desta terça-feira (6) uma Proposta de Emenda à Lei Orgânica.

Em segunda discussão e votação foi aprovada em Plenário a Proposta de Emenda à Lei Orgânica n° 55/12, de autoria dos vereadores Alex, Paulo Siufi, Vanderlei Cabeludo, Lídio Lopes, Herculano Borges, Paulo Pedra, Airton Saraiva, Carlão, Dr. Jamal. Thais Helena, Profª Rose, Marcelo Bluma e Mario Cesar, que modifica o artigo 82 da Lei Orgânica do Município de Campo Grande, ampliando a área de atuação da Guarda Municipal, que AGORA passará a cuidar e proteger também a integridade física da população campo-grandense.


                                           FOTO: CAPITAL NEWS


Na pratica, com a vigência da Lei, a Guarda Municipal não precisará mais solicitar o apoio da Policia Militar para atender uma ocorrência e com isso  a PM poderá realizar um policiamento mais efetivo também em suas regiões, assim coibindo crimes de maior poder ofensivo. “Agora vamos ter respaldo legal para atuar na defesa da integridade física do cidadão”, O campo-grandense agora sim vai sentir a tão sonhada sensação de segurança, pois haverá mais agentes na prevenção e repressão de atos criminosos. afirma Hudson Bonfim, presidente da Associação da Guarda Municipal.
Ainda de acordo com o presidente da associação dos guardas, o efetivo da Guarda Municipal, atualmente, é em torno de 1.400 homens que atuam apenas na segurança de prédios públicos e de bens patrimoniais de Campo Grande. 

Ainda:
Hudson Bonfim convoca a todos os integrantes para Assembleia Geral dia 09/11/2012 das 08h às 11h.
Assunto: Posse da Diretoria Executiva e reformulação do Estatuto da Associação dos Guardas Municipais de Campo Grande/MS- AGMCG-MS.
Ainda a sua Prestação de contas e serviços para a melhoria da instituição em seu mandato. fato inédito na AGMCG-MS
Local. Avenida Ernesto Geisel, sede CTG Farroupilha.