sábado, 5 de junho de 2010

Rodoviária já está confirmado o funcionamento da Guarda Municipal e da Uningá (Unidade de Ensino Superior Ingá).

















A prefeitura de Campo Grande estuda transferir para a antiga rodoviária 
as secretarias e órgãos municipais que ainda são alugadas. O prefeito 
Nelsinho Trad (PMDB) esteve com arquitetos no local e decide na 
segunda-feira pela manhã. A decisão depende de quanto espaço livre
o prédio terá.

Na antiga rodoviária já está confirmado o funcionamento da Guarda 
Municipal e da Uningá (Unidade de Ensino Superior Ingá). Caso haja 
espaço suficiente, serão transferidas: a Fundação de Cultura, 
Funsat (Fundação Social do Trabalho), Emha (Agência Municipal de 
Habitação) e a Junta Militar.

De acordo com o secretário de governo, Rodrigo Aquino, estas são 
as únicas repartições que ainda pagam aluguel. Ele não soube informar 
o valor gasto com as locações.

A prefeitura realizará a revitalização do entorno da antiga rodoviária,
com substituição do pavimento, da malha asfáltica, paisagismo e novo
projeto de iluminação.

A antiga pista de embarque dos ônibus servirá de estacionamento
para as viaturas da Guarda Municipal, que terá 1.100 servidores.

A meta é que a primeira parte da revitalização fique pronta em 30
dias. A segunda parte ,e a possível transferência das outras secretárias,
fica pronta até o dia 26 de agosto, aniversário da Capital, de acordo
com Aquino.

O prefeito irá até a rodoviária às 7h30 de segunda-feira para definir
os detalhes.

 
Postar um comentário